Onde praticar rafting em São Paulo?

Esse esporte altamente praticado nos EUA chegou ao Brasil na década de 80 e ganhou inúmeros adeptos. Em São Paulo, empresas que oferecem o rafting comercial surgiram a partir dos anos 90 e hoje são inúmeras as opções para você praticar rafting em SP.

Dobradinha de Day use grátis nas Férias!!!

RAFTING + TRILHA DE DESAFIO E LAMA + 2 DAY USE GRATIS* DE R$244,60 POR R$99,90
20/07/2016 Por Rio Abaixo

O interior de São Paulo está repleto de opções para quem deseja sair da rotina e se aventurar em um esporte radical. Desde a década de 90, inúmeras operadoras surgiram, sempre próximas aos principais rios do estado. A seguir, tentaremos listar algumas cidades onde é possível praticar o rafting, a busca pelas operadoras fica por sua conta, mas se decidir fazer o rafting em Juquitiba, a Rio Abaixo Rafting e Aventura estará sempre pronta para receber você e seus companheiros de aventura.

Atenção: a lista de cidades foi organizada pela distância, da menor para a maior, a partir do centro de São Paulo.

Juquitiba – é o destino mais próximo para quem pensa em fazer rafting em São Paulo. Está a apenas 76 km da capital paulista e possui operadoras com mais de 20 anos de tradição. Além do rafting, realizado no Rio Juquiá, você vai poder aproveitar para praticar outras atividades de aventura e se quiser, voltar no mesmo dia para São Paulo.

Campinas – Vale do Silício brasileiro, assim é conhecida essa importante cidade do estado de São Paulo. Mas apesar da alcunha tecnológica e da reconhecida importância da cidade pelo seu tamanho, Campinas também oferece contato com a natureza e a possibilidade de rafting no Rio Atibaia. São 120 km de São Paulo até lá.

Socorro – com o slogan “Caminhos da Natureza”, a cidade é frequentada por quem procura por tranquilidade, boa comida e claro, muito contato com a natureza. O rafting é operado no Rio do Peixe. Até lá são 134km partindo da capital paulista.

São Luis do Paraitinga – a 174km de distância de São Paulo, a pequena cidade é considerada uma instância turística. Seu centro histórico foi devastado em 2010 por uma enchente e está sob reconstrução. Famosa pelo seu carnaval de rua que atraí milhares de turistas, São Luiz do Paraitinga também atraí viajantes que buscam se aventurar com o rafting que é operado no Rio Paraitinga.

Capão Bonito – cidade com cerca de 47 mil habitantes, construída para atender mineradores no século IX, está a 233 km de São Paulo. Em Capão Bonito é possível praticar o rafting no Rio Paranapanema, além de outras atividades de aventura, que na sua grande maioria, também são aquáticas.

Brotas – é uma cidade reconhecida como turística, possui diversas operadoras além de alguns parques temáticos. A oferta do rafting e outros esportes de aventura é bastante ampla, mas sua localização é distante do centro de São Paulo, com isso, prepare-se para uma viagem mais longa, são 247 km até lá. O rafting em Brotas é praticado no Rio Jacaré Pepira.

Caconde – é uma das 17 instâncias climáticas de São Paulo. Com forte reconhecimento pelo cultivo cafeicultor, Caconde oferece aos seus visitantes a possibilidade de conhecer fazendas históricas, realizarem trilhas e claro, o rafting que é operado no Rio Pardo. De São Paulo a Caconde, você deverá percorrer 290km.